Salário Mínimo

Têxtil e calçado receiam falências com a subida do SMN

Mónica Silvares, António Costa,

O salário mínimo será de 635 euros a partir de 1 de janeiro, mas os industriais do têxtil e do calçado antecipam que algumas empresas não aguentarão o aumento de custos e fechem as portas.

"Eu não mudo de opinião em 15 dias, não chega a um mês. É razoável aquela decisão no contexto português”, diz Marcelo Rebelo de Sousa sobre o salário mínimo de 635 euros.

O que tinha o acordo à Guterres de 1996?

Marta Moitinho Oliveira,