A Tesla acelerou. E bateu a General Motors na bolsa

A fabricante de automóveis elétricos continua a ultrapassar a concorrência em valor de mercado. Esta segunda-feira bateu a General Motors e é agora a mais valiosa fabricante norte-americana.

No mundo das empresas, existem dois circuitos: o da bolsa e o das contas. São diferentes, com curvas apertadas e onde só correm as melhores empresas. No das contas, a Tesla fica para trás face à maioria das fabricantes automóveis. Mas, no da bolsa, o caso é diferente: a firma segue a todo o gás e, este mês, acelerou. Mas acelerou muito.

Acelerou tanto que já vale mais do que a General Motors, o que significa que a Telsa é agora a mais valiosa fabricante automóvel dos Estados Unidos. O valor de mercado da empresa tem vindo a aumentar este mês, praticamente desde a apresentação de números positivos sobre as vendas no primeiro trimestre do ano. Logo no início de abril, o salto foi suficiente para ultrapassar a Ford em capitalização bolsista.

Esta segunda-feira, a firma de Elon Musk deu um pulo de 3,4% no início da sessão, com o conjunto das ações a valerem qualquer coisa como 51 mil milhões de dólares. São mais 1,7 mil milhões de dólares do que a General Motors, considerada uma empresa histórica nos Estados Unidos e cujas contas, outrora, influenciavam em muito a economia do país, recorda a Bloomberg.

Isto mostra que os investidores continuam confiantes no potencial da Tesla, mesmo tendo em conta que os elétricos Chevrolet Bolt da General Motors já andam na estrada e os Model 3, da Tesla, ainda nem sequer saíram da fábrica. São automóveis que concorrem ao mesmo nível de preço e de tipo, mas o da Tesla só chegará ao mercado lá mais para o final do ano.

Mas este é só um número. Olhando para a paisagem geral, a General Motors deverá ter lucros de nove mil milhões este ano, enquanto os da Ford deverão rondar os 6,3 mil milhões. Em contrapartida, da Tesla esperam-se prejuízos de 950 milhões. Em 2016, empresa registou um prejuízo de 2,3 mil milhões de dólares e gerou apenas sete mil milhões de dólares de receita, vendendo 80.000 automóveis. A General Motors entregou mais de dez milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

A Tesla acelerou. E bateu a General Motors na bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião