Fed mantém juros com abrandamento económico “transitório”

A decisão foi unânime e já era esperada: a Reserva Federal americana manteve a taxa de juro entre os 0,5% e 0,75%. Está atenta ao abrandamento económico no arranque do ano que diz ser "transitório".

Os responsáveis da Reserva Federal norte-americana mantiveram a taxa de juro diretora no intervalo entre os 0,5% e 0,75% e deixaram poucas pistas em relação ao rumo da política monetária nos EUA nos próximos meses, considerando que o abrandamento económico registado no início do ano é “transitório”.

“O comité vê o abrandamento no crescimento durante o primeiro trimestre como sendo provavelmente transitório”, refere o Comité Federal do Mercado Aberto em comunicado divulgado esta quarta-feira, após a reunião de dois dias. “Os riscos de curto prazo para as perspetivas económicas surgem francamente balanceados”, salientam os responsáveis da entidade liderada por Janet Yellen.

A decisão de deixar inalterada as taxas diretoras foi unânime no seio do comité e era, de resto, esperada pelos analistas que esperavam, contudo, que o comunicado de hoje trouxesse novas pistas acerca dos próximos passos da Fed. Isso não aconteceu. O banco central deixou poucos sinais quanto ao timing da próxima subida dos juros, reservando para si a flexibilidade de aumentar ou manter as taxas na reunião de junho.

"O comité vê o abrandamento no crescimento durante o primeiro trimestre como sendo provavelmente transitório.”

Comité Federal do Mercado Aberto

Comunicado

Isto depois de os responsáveis da Fed terem deixado a ideia no mercado de que deveriam proceder a mais duas subidas das taxas até final do ano, depois do aumento efetuado em março, à medida que a inflação e o desemprego se aproximam do duplo objetivo do banco central norte-americano.

“A inflação medida com base nos 12 meses aproximou-se recentemente para o objetivo de 2% no longo prazo do comité”, lê-se no documento divulgado pela Fed. Os gastos das famílias cresceram “apenas de forma modesta” mas os fundamentais que sustentam o crescimento do consumo “permaneceram sólidos”.

"A inflação medida com base nos 12 meses aproximou-se recentemente para o objetivo de 2% no longo prazo do comité.”

Comité Federal do Mercado Aberto

Comunicado

Ao contrário do habitual, desta vez não haverá lugar a conferência de imprensa com Janet Yellen após a reunião em Washington. Ainda assim, a presidente da Fed e outros cinco membros do banco central deverão falar em público esta sexta-feira, naquela que será a primeira oportunidade de adiantarem mais pormenores acerca da decisão tomada hoje.

 

Comentários ({{ total }})

Fed mantém juros com abrandamento económico “transitório”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião