PLMJ patrocina seminário sobre reformas das leis laborais

A PLMJ patrocina seminário “As Reformas das Leis Laborais em Portugal e na Europa”. A iniciativa é do Fórum para a Competitividade. Luis Pais Antunes, managing partner da PLMJ, será orador.

O seminário “As Reformas das Leis Laborais em Portugal e na Europa”, uma iniciativa do Fórum para a Competitividade, patrocinada pela PLMJ, decorre no dia 20 de março, entre as 16h00 e as 19h30, no Hotel Intercontinental, em Lisboa.

Segundo a organização, no evento vão ser “abordadas questões de grande atualidade e importância para as empresas, como sejam os princípios fundamentais de um enquadramento laboral amigo do crescimento, emprego, produtividade e valorização profissional”, acrescentando, ainda, que “será igualmente feita uma aproximação entre as reformas das legislações laborais na Europa, designadamente os casos português, alemão e francês, com destaque para as reformas de 2012 da Troika, os planos “Hartz” de Gerhard Schroeder e os planos Macron, recentemente adotados.”

Luis Pais Antunes, managing partner da PLMJ, integra o painel subordinado ao tema “As
reformas laborais na Europa: os casos português, alemão e francês”.

Como conclusão, haverá “lugar a um ponto de situação sobre a Concertação Social em Portugal e à elaboração de recomendações para adoção de reformas consistentes com o quadro internacional em que Portugal se integra.”

Pode consultar o programa completo aqui.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

PLMJ patrocina seminário sobre reformas das leis laborais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião