Tem um SUV ou um crossover? Governo admite passar estes automóveis para classe 1 nas portagens

  • ECO
  • 21 Abril 2018

O ministro Pedro Marques, que tem as pastas do Planeamento e das Infraestruturas, admite a hipótese de passar para classe 1 os automóveis SUV e crossovers, por serem "muito mais eficientes".

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, admite a hipótese de passar para classe 1 os carros SUV e crossover. Isso tornaria as portagens mais baratas para este tipo de viaturas, que, atualmente, são consideradas de classe 2.

A visão do ministro é a de que os carros com estas “novas características” são “muito mais eficientes do ponto de vista ambiental”. E o facto de terem maiores custos nas portagens pode “suscitar um bloqueio à entrada no nosso mercado” deste conjunto de viaturas com estas características, disse Pedro Marques numa entrevista ao Diário de Notícias.

O ministro foi questionado acerca da renegociação do contrato de concessão com a Brisa para adaptar o regime de classificação de veículos. “Esse é um aspeto importante para nós, não só com a Brisa, porque não faz sentido nenhum a classificação passada em relação a alguns tipos de veículos”, afirmou o ministro.

Rui Rio no PSD “fez diferença”

Comentando a subida de Rui Rio à liderança do PSD e da oposição, o ministro Pedro Marques afirmou que isso “fez diferença manifestamente na disponibilidade daquele partido” para um entendimento político. Acerca da posição de princípio definida entre o PS e o PSD sobre o próximo quadro comunitário, Pedro Marques referiu que “hoje podemos dizer a Bruxelas que há um entendimento no país relativamente às prioridades estratégicas para a próxima década”.

O socialista avançou ainda que não foi ainda formalizado o processo de reprogramação do Portugal 2020 que, como o ECO avançou em primeira mão no início do mês, deverá abranger cerca de 2,8 mil milhões de euros.

A reprogramação de um quadro comunitário consiste em mudar verbas entre programas operacionais, ou dentro do mesmo, de modo a garantir uma utilização mais eficientes dos fundos. Sobre quando vai esse processo ser formalizado em Bruxelas, o ministro afirmou que a proposta será apresentada “em breve, em maio, com o objetivo de a concluir até ao verão”.

Ministro defende Montijo para novo aeroporto

Em que ponto está o processo de expansão do aeroporto de Lisboa? O ministro Pedro Marques garantiu, na mesma entrevista ao Diário de Notícias, que o estudo de impacto ambiental para o novo aeroporto “ainda não” foi entregue ao Governo. “Está por dias ou semanas a entrega desse documento”, reconheceu.

Sobre qual a solução defendida pelo ministro, Pedro Marques apontou para o Montijo: “Mantenho o objetivo daquela utilização civil da base do Montijo. E de podermos iniciar algures no início de 2019 as obras nessa infraestrutura, o que significa que, algures no segundo semestre deste ano, temos de concluir as negociações com a ANA.” Assim, caso a intervenção no Montijo arranque em 2019, o aeroporto estará pronto “em 2021, para entrar em funções em 2022”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Tem um SUV ou um crossover? Governo admite passar estes automóveis para classe 1 nas portagens

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião