Ana Coimbra Trigo assume mandato na rede Young ICCA

Ana Coimbra Trigo, Associada de PLMJ Arbitragem, assumiu recentemente funções como Events Coordinator para a Europa junto da instituição Young ICCA.

Ana Coimbra Trigo, Associada de PLMJ Arbitragem, assumiu recentemente funções como Events Coordinator para a Europa junto da instituição Young ICCA e irá ser responsável por planear e organizar eventos de formação sobre prática arbitral internacional, no âmbito desta que é uma rede de conhecimento de referência na área da Arbitragem para jovens profissionais – criada sob a égide da ICCA – International Council for Commercial Arbitration.

“É com grande satisfação que inicio funções como Events Coordinator no âmbito desta organização, que promove a arbitragem internacional pelo mundo, junto de estudantes e de jovens profissionais, podendo assim também levar o nome de PLMJ além fronteiras”, afirma a advogada.

A Young ICCA visa promover a partilha de ideias sobre arbitragem internacional entre estudantes e jovens profissionais, assim como o uso deste meio alternativo de resolução de litígios por diversos países e jurisdições.

“Esta nomeação reforça a posição de liderança de PLMJ na área da Arbitragem em Portugal, assim como em diferentes jurisdições. O trabalho desenvolvido pela equipa de PLMJ Arbitragem, permitiu que PLMJ tivesse sido considerada uma das 100 melhores sociedades mundiais de advogados em arbitragem, pela reputada Global Arbitration Review, tendo sido a primeira firma portuguesa com esse estatuto”, segundo comunicado do escritório.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ana Coimbra Trigo assume mandato na rede Young ICCA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião