Estas são as advogadas que somaram milhões com a sua liderança em negócios

Advogadas de seis firmas lideraram a tabela de transações realizadas nos primeiros dez meses do ano, em função do valor. Cláudia da Cruz Almeida lidera também no ranking global.

Entre 1 de janeiro e 31 de outubro muitos foram os negócios que movimentaram o país e o mundo. Segundo os dados da TTR divulgados pela Iberian Lawyer, entre as principais operações lideradas por advogadas face o valor de transação estiveram os escritórios da Vieira de Almeida (VdA), Morais Leitão, Cuatrecasas, Sérvulo, Abreu Advogados e Uría Menéndez-Proença de Carvalho.

As dez advogadas do top 10 pertencem a seis firmas de advogados e a ocupar o primeiro lugar, bem como da tabela global, está Cláudia da Cruz Almeida, da VdA, que somou seis negócios que se traduzem no valor de 3.801 milhões de euros. Entre os negócios da advogada está a venda de 81,1% da Brisa pelo Grupo José de Mello e a Arcus a um consórcio formado por investidores estrangeiros.

Em segundo lugar na tabela está Margarida Olazabal Cabral. A advogada da Morais Leitão também este envolvida no negócio da Brisa e totalizou, nos primeiros dez meses do ano, um valor total de 2.433 milhões de euros. Ainda no top 3 está a advogada da Cuatrecasas, Mariana Norton Reis, como um envolvimento em seis negócios que se traduziram em 1.352 milhões de euros.

Veja o top 10 de transações lideradas por advogadas, em função do valor, no mercado português:

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Estas são as advogadas que somaram milhões com a sua liderança em negócios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião