Hoje nas notícias: Lay-off, negociação PSD/Chega e hospitais

  • ECO
  • 13 Novembro 2020

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

A data para os partidos apresentarem propostas de alteração ao Orçamento do Estado para 2021 na especialidade termina esta sexta-feira. O partido do Governo deverá apresentar propostas de alargamento dos apoios a empresas e sócios-gerentes. Nos destaques dos jornais, dominados pelas novas medidas anunciadas pelo Executivo para travar o avanço da pandemia, estão ainda o valor do pagamento aos privados por doente com Covid-19, as negociações entre a direção de Rio e Ventura sobre os Açores feitas em Lisboa, os atrasos nos pagamentos do IAPMEI às empresas e ainda as investigações judiciais aos offshores no futebol.

PS propõe lay-off a 100% e novo apoio também a sócios-gerentes

O prazo para os partidos apresentarem propostas de alterações ao Orçamento do Estado para 2021 termina esta sexta-feira e o PS pretende que os sócios-gerentes sejam abrangidos pelo novo apoio social desenhado para proteger o rendimento dos trabalhadores sem acesso ao subsídio de desemprego ou com quebras de atividade significativas. Em simultâneo, os socialistas irão também propor que o novo regime de lay-off para empresas mais afetadas pela pandemia, permita a recuperação até 100% da retribuição do trabalhador. Leia a notícia completa no Jornal Económico (acesso pago).

Estado paga 8.400 euros por cada doente Covid aos hospitais privados

Com o Sistema Nacional de Saúde (SNS) a ficar sobrelotado, o Estado está a associar-se aos hospitais privados para cuidar dos doentes Covid-19. O Executivo paga cerca de 8.400 euros aos privados por cada doente Covid-19. Os preços praticados estão abaixo dos fixados para as unidades do SNS. A ministra da Saúde, Marta Temido, já tinha avançado que o Estado só assegura custos no privado se doentes forem encaminhados pelo SNS. Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (link indisponível).

Direção de Rio negociou com Ventura em Lisboa

O acordo alcançado nos Açores entre PSD e Chega terá sido negociado em Lisboa. Apesar de a versão oficial ser que o entendimento foi conseguido a nível regional e irá cingir-se a esse domínio, Adão Silva, líder parlamentar dos sociais-democratas, reuniu-se “discretamente” com André Ventura na Assembleia da República, três dias depois das eleições açorianas. Terá sido feita então uma primeira avaliação sobre um entendimento de incidência parlamentar na região autónoma e Ventura terá apresentado as suas condições. Leia a notícia completa no Expresso (acesso pago).

IAPMEI esgotou tesouraria e parou pagamento às empresas

A Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI) esgotou a tesouraria no final do mês de outubro no âmbito de investimentos do Portugal 2020. Como consequência os pagamentos às empresas ficaram suspensos desde 26 de outubro, tendo sido retomados apenas no final desta semana. “Devido ao acréscimo de ritmo de pagamentos após a realização do pedido de reposição de verbas, o saldo de segurança foi consumido na totalidade antes da entrada dessa reposição, o que levou a uma falha momentânea de tesouraria”, diz o IAPMEI. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago).

Justiça no rasto de offshore do futebol

As sociedades offshore estão sob suspeita tendo em conta que terão sido usadas para esconder dinheiro de transferências no mundo do futebol. Suspeita-se de fraude fiscal, sendo que o Ministério Público está a recolher provas de crimes fiscais e branqueamento e pode avançar para acusação. Clubes como o Benfica, Desportivo das Aves, Moreirense e Santa Clara estão debaixo de fogo. Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Lay-off, negociação PSD/Chega e hospitais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião