Estas foram as 10 notícias mais lidas na Pessoas em 2021

  • Pessoas
  • 31 Dezembro 2021

Um ano de notícias sobre pessoas e o mundo do trabalho em plena pandemia. (Re)leia aqui as histórias que maior interesse geraram entre os leitores da revista Pessoas.

Remunerações mais bem pagas em Portugal, expansão de empresas e respetiva criação de empregos, novos modelos de organização do trabalho, como a semana de quatro dias, ou expectativas de aumentos salariais no próximo ano são alguns dos temas que mais geraram o interesse dos leitores da Pessoas em 2021.

(Re)leia as 10 notícias mais vistas do ano.

“A pandemia da Covid-19 colocou o setor da saúde no centro de todas as prioridades, nomeadamente com a crescente procura de profissionais competentes e capazes de fazer frente às dificuldades e desafios acrescidos. Mas, não só médicos e enfermeiros são fortemente procurados hoje em dia, também profissionais altamente qualificados e com as soft skills necessárias para dirigirem as instituições deste setor são fundamentais. E, neste momento, são mesmo os profissionais com as remunerações mais elevadas.”

Com base no levantamento das dez profissões mais bem pagas do país, fornecido pelo ManpowerGroup à Pessoas, é possível concluir que um diretor-geral na área da saúde recebe entre 120.000 e 150.000 euros brutos por ano, ou seja, entre 8.571 e 10.714 euros brutos por mês, o que faz destes profissionais os mais bem pagos no país.”

 

“Este ano, e provavelmente devido à Covid-19, Enfermagem ocupa o primeiro lugar do ranking das saídas profissionais. Fora da saúde, o curso de Engenharia Informática também merece um lugar de destaque.

Com dez cursos no país com desemprego zero, a formação em Enfermagem ocupa o primeiro lugar do ranking no que toca a saídas profissionais. Fora da área da saúde, Engenharia Informática é o curso que mais brilha.

A Pessoas/ECO organizou os dados disponibilizados pelo portal Infocursos2021, gerido pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), com o apoio da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), e organizou uma lista com os cursos e respetivas instituições de ensino com taxas de desemprego zero. Enfermagem, Engenharia Informática, Gestão e Arquitetura destacam-se neste ranking.”

“A RBI Iberia está a preparar a entrada da Popeyes em Portugal. Em cinco anos, a partir de 2022, querem abrir mais de 40 restaurantes da cadeia especializada em frango, criar até mil novos empregos, num investimento superior a 50 milhões de euros. Depois de entrar há dois anos com a marca em Espanha, a RBI Iberia faz agora uma “aposta estratégica” no mercado nacional.

“Portugal é um mercado estratégico para nós e por isso temos um ambicioso plano de crescimento com restaurantes próprios e franchisados. Para o levar a cabo, queremos encontrar parceiros locais com os quais possamos fazer crescer e desenvolver a marca no país, adianta Maria Jimenez, diretora de franchisados RBI, ao ECO/Pessoas.”

“A ideia não é nova, mas a pandemia da Covid-19 veio dar-lhe um empurrão. A semana de quatro dias de trabalho está novamente a ser equacionada em vários países, que começam a tomar posições mais demarcadas em relação à redução dos dias laborais. A Islândia já testou – um “sucesso esmagador” – e, em Espanha, Japão ou Nova Zelândia esta mudança está a ganhar força junto de empresas e governos.

Maior flexibilidade e equilíbrio entre vida pessoal e profissional são as grandes vantagens apontadas por especialistas. O impacto que esta medida poderia ter na produtividade é que ainda divide opiniões. Há quem defenda que uma semana mais curta de trabalho pode levar a um aumento do desempenho dos colaboradores e quem acredite que esta redução do horário laboral originaria uma quebra.”

“O Governo vai investir até 825 mil euros na operacionalização do pagamento de prestações familiares e sociais através de cartões pré-pagos. O objetivo é que, no futuro, os subsídios e abonos pagos pela Segurança Social possam ser entregues através de cartões pré-pagos. Isto se o beneficiário assim o pretender.

A medida, ainda sem data para entrar em vigor, pretende simplificar o pagamento de mensalidades, como o rendimento social de inserção, o subsídio de desemprego ou o abono de família e poderá abranger 207 mil beneficiários.”

 

“A Jerónimo Martins vai aumentar entre 7% e 25% os salários de entrada dos colaboradores do grupo dono do Pingo Doce e do Recheio, um investimento de 22 milhões de euros no reforço da remunerações de entrada, abrangendo cerca de 26 mil colaboradores.

O Lidl também se prepara para investir 7,5 milhões em salários, estimando-se uma subida média de 3% nas remunerações da cadeia alemã, valor a que se soma 5 milhões de euros no aumento de horas do pessoal em part-time.

A Sonae MC e a Mercadona não adiantam valores, mas admitem uma atualização salarial para 2022.

“O gigante espanhol Mercadona está a preparar a sua chegada a Lisboa, depois de ter inaugurado lojas no norte e centro do país.

A cadeia de supermercados está a contratar, para Lisboa, seis pessoas para três posições diferentes: assistente para a direção de obras e expansão, auxiliar de manutenção e técnico de refrigeração e climatização.”

“Foi há uma semana que o Presidente da República foi ao programa Circulatura do Quadrado (da TVI24/TSF) e disse que “em termos de recursos humanos, a Administração Pública está desfalcada”. A este propósito, o ECO foi ouvir Alexandra Leitão, a Ministra da Modernização do Estado e da Administração que tem a seu cargo a máquina da Administração Pública (AP).

Alexandra Leitão revelou ao ECO que o Governo prepara-se para abrir já amanhã (dia 3 de agosto) uma nova oferta de colocação para contratar mais 475 técnicos superiores para a Função Pública. E não se fica por aqui. No próximo ano, a ministra anunciou que o Governo deverá abrir um segundo Recrutamento Centralizado que poderá trazer mais 1.000 técnicos superiores para o Estado (o número ainda não está fechado).”

“O Pingo Doce, o Lidl, o Aldi e a Ikea estão a recrutar para reforçar as equipas das cadeias de retalho alimentar e não alimentar no verão e, em alguns casos, responder à expansão da rede de lojas. Globalmente, há mais de 650 ofertas de emprego nas insígnias. Só o Lidl conta até final de agosto recrutar 400 colaboradores.

Com o país a desconfinar e a economia a reabrir, o retalho retomou as políticas habituais de reforço de equipas para a época estival. No Pingo Doce há mais de duas centenas ofertas de emprego disponíveis. “Dada a dinâmica do nosso negócio, temos processos de recrutamento ao longo de todo o ano, sendo que atualmente temos mais de 200 vagas em aberto, para diferentes funções nas operações de loja, cozinhas centrais, armazéns logísticos e escritórios”, adianta Mariza Pereira, diretora de recrutamento do Pingo Doce à Pessoas.”

Nazli Sahafi, diretora geral da Roche Diagnostics

A Roche Diagnostics decidiu acabar com os horários. Caberá a cada um dos mais de cem trabalhadores definir o seu horário de trabalho e a partir de que local desempenha as suas funções. Flexibilidade é a nova palavra de ordem na companhia que produz testes rápidos de diagnóstico da Covid-19. “O trabalho é o que se faz e não onde se está ou quantas horas se passa a fazê-lo. É sobre a produção e a entrega de resultados”, justifica Nazli Sahafi, diretora-geral da Roche Diagnósticos, à Pessoas.

A decisão de avançar com a flexibilidade de horários foi uma decisão da filial portuguesa, com um objetivo claro: “fazer a transição do equilíbrio trabalho-vida (work life balance) para o equilíbrio vida”.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Estas foram as 10 notícias mais lidas na Pessoas em 2021

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião