EDP pode gastar 1,3 mil milhões com a EDP Renováveis

A elétrica liderada por António Mexia lançou uma OPA sobre a EDP Renováveis, oferecendo um preço de 6,80 euros. Caso consiga comprar todas as ações no mercado, a EDP vai gastar mais de mil milhões.

A EDP quer comprar as restantes ações da EDP Renováveis. Para isso propõe aos acionistas um valor por ação de 6,80 euros, um prémio face à cotação do mercado que, se for totalmente aceite pelos investidores, entre eles muitos pequenos acionistas, levará a empresa liderada por António Mexia a pagar mais de mil milhões de euros.

“A contrapartida oferecida, a pagar em numerário, é de 6,80 euros por ação”, refere o comunicado enviado pela EDP à CMVM. A EDP tem 77,5% do capital da EDP Renováveis, sendo o objeto da oferta cerca de 196 milhões de ações que estão no mercado: 3% detidos pela MSF, estando os restantes dispersos por pequenos investidores.

Estes 6,80 euros, que representam um prémio de 8,5% face à última cotação, implicam um esforço financeiro avultado por parte da elétrica. A este preço, assumindo que compra a totalidade das ações, a EDP vai ter de gastar 1.332 milhões de euros. No prospeto, a EDP não impõe um mínimo para o sucesso da oferta, mas diz que se atingir os 90% tira a empresa de bolsa.

A EDP Renováveis foi colocada no mercado em 2008. Na altura, a EDP vendeu 25% do capital da empresa de energias renováveis através de uma oferta pública de venda (OPV). Nessa operação, as ações foram vendidas a 8,00 euros, o que permitiu à empresa liderada por António Mexia um encaixe de 1.567 milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

EDP pode gastar 1,3 mil milhões com a EDP Renováveis

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião