RTP Memória ultrapassa CMTV e Cristina Ferreira no regresso da telescola

No dia de estreia da "nova telescola", a audiência da RTP Memória quadruplicou e o share fixou-se em 4,2%. Esteve à frente da CMTV e até do "Programa da Cristina".

As audiências da RTP Memória dispararam no dia de estreia da “nova telescola”.ANDRÉ KOSTERS/LUSA

As audiências da RTP Memória dispararam esta segunda-feira e ultrapassaram as da CMTV, num dia marcado pela estreia da grelha de programas da “nova telescola”, designada por #EstudoEmCasa. No arranque da manhã, a RTP Memória foi mesmo o canal mais visto e superou títulos como o “Programa da Cristina”, apresentado por Cristina Ferreira na SIC.

Segundo os resultados provisórios cedidos ao ECO pela RTP, a audiência média da RTP Memória foi quatro vezes superior à média do canal, com o share a fixar-se em 4,2%. “Ultrapassou a CMTV e foi o quarto canal mais visto ontem [segunda-feira]”, acrescentou fonte oficial da estação pública.

Já depois da publicação desta notícia, o ECO confirmou também que a “nova telescola” esteve à frente de todos os outros canais da televisão portuguesa até às 11h30 desta segunda-feira. Desta forma, superou também o “Programa da Cristina”, apresentado por Cristina Ferreira na SIC, que é usualmente o programa mais visto das manhãs.

Em reação aos resultados, Gonçalo Reis, presidente executivo do grupo RTP, diz que “os conteúdos educativos são decisivos no contexto atual e deverão ser uma marca de futuro na RTP”. “Está cada vez mais claro que o #EstudoEmCasa é a iniciativa certa no momento certo. O impacto junto de estudantes e famílias, a mobilização das comunidades de professores, as audiências em televisão, as visualizações na RTP Online, o interesse de outras geografias, como África, demonstram a relevância deste projeto”, garante o gestor.

Estes números históricos deram-se no dia em que os alunos do 1.º ao 9.º ano “regressaram” às aulas, mas apenas com ensino não presencial. Uma situação extraordinária resultante das restrições levantadas para travar a pandemia do coronavírus e que deverá manter-se até ao final do terceiro período do presente ano letivo.

Neste contexto, o Governo decidiu reformular a grelha da RTP Memória para incluir conteúdos educativos para o 1.º e 2.º ciclos de escolaridade. A decisão tem sido vista como um regresso da antiga “telescola”, mas num novo formato modernizado. A grelha pode ser consultada aqui:

A nova grelha da RTP Memória com conteúdos para os alunos do 1.º e 2.º ciclos.Ministério da Educação

A RTP Memória está presente nas grelhas de TV paga e também na da Televisão Digital Terrestre (TDT), chegando a praticamente todos os lares em Portugal. Apesar da comparação das audiências com a CMTV, a estação televisiva detida pela Cofina é um canal generalista privado presente nas principais grelhas de TV paga.

Com efeito, o disparo nas audiências da RTP Memória deve ser visto à luz da recomendação de que os alunos, em isolamento social, assistam a estes conteúdos. Além disso, o fator “novidade” também terá contribuído para este resultado.

(Notícia atualizada pela última vez às 12h33 com reação do presidente executivo da RTP)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

RTP Memória ultrapassa CMTV e Cristina Ferreira no regresso da telescola

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião