Salários da CGD

António Domingues vai receber 423 mil euros de remuneração anual no cargo de liderança da CGD. É um vencimento que está a gerar grande polémica.

A norma do Governo que levou à demissão de António Domingues foi declarada constitucional. A administração da CGD continuará fora do Estatuto do Gestor Público. Paulo Macedo mantém salário.

Não havia contrato, mas a McKinsey confirma a versão do Governo de que trabalhava para Domingues, ainda que tenha sido a CGD a pagar a fatura. A consultora esteve presente em reuniões com Bruxelas.