Filantropia: Fundador da Amazon pede ajuda no Twitter

Jeff Bezos, o fundador da Amazon e o terceiro homem mais rico do mundo, está sem ideias sobre onde aplicar a sua fortuna de 72 mil milhões de dólares. E aceita sugestões para projetos de filantropia.

Jeff Bezos é considerado por muitos como um dos grandes visionários desta década. O conhecido empresário norte-americano do setor a tecnologia e do retalho, fundador da Amazon, tem uma fortuna avaliada em 72,8 mil milhões de dólares. Aliás, segundo a Forbes, é a terceira pessoa mais rica do mundo.

Mas quando se tem tanto dinheiro, pode ser difícil saber o que fazer com ele. É nesta situação que está Jeff Bezos: com vontade de aplicar tempo e dinheiro em projetos de filantropia a bem do mundo e da sociedade, mas sem boas ideias de formas concretas de o fazer. Foi o próprio quem o admitiu numa publicação no Twitter.

“Este tweet é um pedido de ideias. Estou a pensar acerca de uma estratégia de filantropia que é o oposto de como passo a maior parte do meu tempo — a trabalhar no longo prazo”, começa por escrever o presidente executivo de uma das empresas mais valiosas do mundo.

No entanto, vai ainda mais além. “Quanto a filantropia, percebi que sou atraído para a outra extremidade do espetro: o agora mesmo. Por exemplo, inspira-me muito o trabalho que é realizado no Mary’s Place [organização que presta apoio a mulheres, crianças e famílias] aqui em Seattle. Eu gosto do longo prazo — é uma alavanca enorme: Blue Origin, Amazon, Washington Post — todos eles estão a contribuir para a sociedade e para a civilização à sua maneira”, continua Jeff Bezos.

“Quero que a maioria da minha atividade filantrópica seja de ajuda às pessoas no aqui e no agora — curto prazo — na interceção da necessidade urgente com o impacto duradouro”, acrescenta.

E conclui: “Se tiver ideias, responda a este tweet com a ideia (e se acha que esta abordagem está errada, gostaria de ouvir isso também).É uma oportunidade diferente. Não é todos os dias que um dos empresários mais influentes do mundo recorre às redes sociais para pedir ajuda.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Filantropia: Fundador da Amazon pede ajuda no Twitter

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião