Pharol foi ao aumento de capital da Oi. Fica com 5,51% da operadora brasileira

A posição da Pharol na Oi ficará nos 5,51% após o aumento de capital. A empresa participou com o dinheiro dado pela própria Oi e também injetou recursos próprios, revelou à CMVM.

A Pharol PHR 1,06% vai ficar com apenas 5,51% da Oi, depois de concluído o aumento de capital da operadora brasileira, anunciou a empresa portuguesa num comunicado enviado à CMVM. A empresa detém 4,61% da empresa desde a conversão de dívida em capital, mas já foi a maior acionista da Oi, com mais de 20% da empresa, quando se iniciou o processo de recuperação judicial.

Em comunicado, a companhia liderada por Luís Palha da Silva reinvestiu na Oi os 25 milhões de euros que tinham sido cedidos ao abrigo do acordo que pôs fim à litigância entre as duas empresas, que valeram 85,7 milhões de ações. Vai ainda receber 33,8 milhões de ações “existentes na Tesouraria da Oi”, contando que o acordo acaba por ser homologado.

Além desse investimento, que veio pôr fim aos processos judiciais da Pharol contra a Oi, a cotada portuguesa aplicou “recursos próprios” para subscrever mais 41,8 milhões de ações, revela no comunicado. Estes recursos tinham sido conseguidos através de um aumento de capital realizado no ano passado, para evitar uma diluição ainda maior da posição da Pharol no capital da Oi.

A Oi anunciou esta semana que concluiu o aumento de capital no valor de 929 milhões de euros, depois de, no ano passado, ter convertido parte da dívida em ações. Este é o culminar do plano de recuperação judicial a que a empresa está sujeita, com vista a evitar a falência daquela que é a maior operadora do Brasil.

Evolução das ações da Pharol na bolsa de Lisboa

(Notícia atualizada pela última vez às 16h54)

Comentários ({{ total }})

Pharol foi ao aumento de capital da Oi. Fica com 5,51% da operadora brasileira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião