Oi passa de lucros a prejuízos. Receitas caíram 9% no ano passado

A operadora de telecomunicações brasileira, detida em parte pela Pharol, encerrou o ano com prejuízos equivalentes a 1,6 mil milhões de euros.

A operadora brasileira Oi passou de lucros a prejuízos em 2019. A empresa, que tem a cotada portuguesa Pharol como acionista, registou prejuízos de 9 mil milhões de reais (cerca de 1,6 mil milhões de euros) em 2019, o que compara com lucros de quase 24,6 mil milhões de reais no ano anterior.

A companhia explica este desempenho com a quebra das suas receitas: “No acumulado de 2019, a receita líquida total consolidada foi de 20.136 milhões de reais (3,66 mil milhões de euros), uma queda de 8,7% em relação a 2018″, com o EBITDA recorrente a recuar 23,7%, para 4.464 milhões de reais (812 milhões de euros), informou em comunicado.

De forma desagregada, a receita líquida das operações no Brasil totalizou 19.949 milhões de reais em 2019, uma redução de 8,7% comparada com 2018, enquanto a receita líquida das operações internacionais totalizou 187 milhões de reais em 2019, uma queda de 6,7% em relação ao ano anterior.

Quanto ao passivo, a operadora brasileira encerrou o ano ainda mais endividada. No final de 2019, a sua dívida bruta ascendia a 18.227 milhões de reais (3,31 mil milhões de euros), um aumento de 1,8% quando comparado com o trimestre anterior e de 10,8% face ao ano anterior.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Oi passa de lucros a prejuízos. Receitas caíram 9% no ano passado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião