Zomato desafia Uber Eats com entregas de comida em casa feitas pelos CTT

  • ECO
  • 7 Outubro 2021

Plataforma de avaliações e descontos de restaurantes e bares vai entregar refeições ao domicílio, prometendo taxas 50% abaixo das praticadas habitualmente. Entregas são feitas pelos CTT.

A plataforma que, até agora, dava descontos em vários restaurantes, expandiu o modus operandi. Em parceria com os CTT, a Zomato vai passar também a fazer entregas de refeições ao domicílio, prometendo taxas 50% abaixo das praticadas habitualmente.

Desde esta quarta-feira que nas ruas do Porto e de Lisboa se começaram a ver estafetas dos CTT, mas com encomendas diferentes do habitual. A empresa dos correios criou uma rede própria de estafetas para entregar… comida ao domicílio. Em parceria com a Zomato, que lançou uma nova aplicação, há mais de 300 espaços de restauração disponíveis à distância de um clique.

A plataforma de avaliação e descontos em restaurantes aventurou-se, assim, num mercado que já é altamente concorrencial, competindo com empresas como a Uber Eats, Glovo ou Bolt Food. Por enquanto as entregas são feitas apenas nos centros das duas principais cidades do país, mas prevê-se a “expansão para novas localizações a médio e longo prazo”, diz a Zomato, em comunicado enviado esta quinta-feira.

Nuno Fernandes, responsável de expansão, salienta que este passo resulta de “um intenso ano de trabalho, esforço e reinvenção”, que visa “proteger os restaurantes, de uma forma justa, trazendo também uma maior comodidade e um serviço de excelência aos utilizadores”.

A empresa assegura ainda que vai oferecer aos utilizadores “as condições mais competitivas do mercado, com taxas 50% abaixo das praticadas habitualmente num novo serviço de entregas ao domicílio“. Cada pedido tem uma taxa de entrega fixa de dois euros, sendo que o pedido pode ser feito num raio de cinco quilómetros do local onde o utilizador está. E a entrega é feita pelos CTT.

Para o administrador executivo dos CTT, esta parceria “é uma prova da enorme capacidade de adaptação das empresas e instituições às atuais condições de mercado e dos tempos pandémicos que vivemos”. Citado em comunicado, João Sousa refere que os CTT “levam muito a sério a sua missão de apoio ao funcionamento da economia e estamos por isso muito orgulhosos desta associação à Zomato”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Zomato desafia Uber Eats com entregas de comida em casa feitas pelos CTT

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião