Portugal obtém três mil milhões com dívida a 15 anos. Paga juro de 2,325%

Portugal obteve três mil milhões de euros através da emissão sindicada de dívida a 15 anos. O Tesouro português pagou uma taxa de juro de 2,325%.

Portugal obteve três mil milhões de euros através da emissão sindicada de dívida a 15 anos realizada esta quarta-feira. Por estas obrigações com maturidade em 2034, o Tesouro português pagou uma taxa de juro de 2,325%.

“Do ponto de vista do emitente, a operação foi o que país precisa: dívida com prazos longos e com taxas baixas ou, pelo menos, pagáveis. Relativamente ao montante, o Estado emitiu o que queria emitir. Não sabemos exatamente qual foi a procura, mas sabemos que esteve muito forte”, refere Filipe Silva, diretor da Gestão de Ativos do Banco Carregosa.

O Tesouro pagou um prémio de risco de 102 pontos base, abaixo do prémio de 105 pontos que os investidores estavam a exigir no arranque da operação, refletindo o forte interesse do mercado por estes títulos de dívida — a meio da manhã, as ordens de compra superavam já os dez mil milhões de euros. A este prémio tem de se somar a taxa mid swap do euro a 15 anos, que rondava os 130 pontos esta manhã, o que eleva a taxa de juro final até aos 2,325%.

Mais dados concretos relativamente à dimensão da procura e ao perfil do investidor (origem geográfica e tipo de investidor) deverão ser revelados pelo IGCP ainda esta quarta-feira.

Esta foi a segunda emissão sindicada de 2018, tendo contado com o apoio de um sindicato bancário composto pelo CaixaBI, Deutsche Bank, HSBC, Morgan Stanley e Société Génélare. Em janeiro, Portugal havia assegurado quatro mil milhões de euros em obrigações a dez anos.

No total, juntando sindicatos bancários com leilões de obrigações, o Tesouro português já arrecadou 9,5 mil milhões de euros em 2018 com dívida de longo prazo.

(Notícia atualizada às 17h42)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal obtém três mil milhões com dívida a 15 anos. Paga juro de 2,325%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião