Sogrape compra quinta na região de Lisboa

A Sogrape acaba de comprar a Quinta da Romeira, em Bucelas. Com esta aquisição, a maior empresas de vinhos nacional, alarga a sua presença a mais uma região dos vinhos em Portugal.

A Sogrape voltou às compras e entra na região de Lisboa com a aquisição da Quinta da Romeira, em Bucelas. Com 75 hectares de vinha, a Quinta da Romeira possui vinhos como o Prova Régia e Morgado de Sta. Catherina.

“Entrar em Lisboa era, para a Sogrape, obrigatório. E fazê-lo através da sub-região de Bucelas é, para nós, um enorme motivo de alegria e orgulho mas também de grande responsabilidade”, afirma Fernando da Cunha Guedes, CEO da Sogrape, em comunicado. De resto, na mesma nota, a Sogrape assume que vai “ajudar a mudar Lisboa”.

Entrar em Lisboa era, para a Sogrape, obrigatório. E fazê-lo através da sub-região de Bucelas é, para nós, um enorme motivo de alegria e orgulho mas também de grande responsabilidade

Fernando Guedes

Presidente da Sogrape

Sem detalhar o investimento realizado nesta aquisição, a Sogrape assegura que “tem previstos investimentos em toda a cadeia de valor, desde a viticultura, passando pela enologia, até ao mercado, para desenvolver um projeto sustentado e de longo — prazo na região de Lisboa“.

A maior empresa de vinhos nacional detalha ainda que vai “tirar partido do bom momento que vivem estes vinhos e simultaneamente contribuir para dinamizar a região”.

Esta aquisição surge apenas três meses depois da compra da Quinta do Centro, em Portalegre, com 13 hectares de vinha.

A Sogrape, detentora de marcas como Mateus Rosé e Barca Velha, reforça assim a sua presença nas regiões de vinhos de Portugal, juntando a região de Lisboa ao Douro, Bairrada, Madeira e Verdes. A empresa com sede em Gaia tem ainda presença internacional em países como a Argentina, Nova Zelândia, Chile e Espanha.

Comentários ({{ total }})

Sogrape compra quinta na região de Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião