Comprar casa? Banca aposta no crédito sem sair do sofá

Bankinter, Novo Banco, Banco CTT, Santander, BCP e CGD dão já, neste momento, aos seus clientes a opção de contratualizarem um novo crédito quase exclusivamente por via do digital.

A concessão de crédito para a compra de casa está a acelerar. Mês após mês, são milhões, ou mesmo milhares de milhões de euros entregues pelos bancos às famílias para estas adquirirem habitação própria. São inúmeras operações de financiamento, mas nem todas elas feitas estão a ser feitas ao balcão dos bancos.

Vários bancos que operam em território nacional estão a apostar em novas formas de conceder crédito, nomeadamente para a compra de habitação. Muitos deles dão já aos seus clientes a possibilidade de fazerem um pedido de crédito para a casa praticamente sem necessitarem de… sair de casa, recorrendo a ferramentas digitais.

Bankinter, Novo Banco, Banco CTT, Santander, BCP e Caixa Geral de Depósitos (CGD) dão já, neste momento, aos seus clientes a opção de contratualizarem um novo crédito quase exclusivamente por via do digital, de uma forma mais cómoda e simplificada, sem ser necessário visitar uma agência.

Bankinter

O Bankinter foi o mais recente banco a comunicar esta sua oferta. O crédito habit@ção_digital dá aos clientes a possibilidade de tratarem de todo o processo associado à contratualização de um crédito “à distância”, com o cliente a precisar apenas de estar “presente no dia da escritura”, pode ler-se na página do banco na internet.

Para que tal fosse possível, a entidade bancária concebeu o Portal de Crédito Habitação, onde o cliente pode efetuar a simulação do seu crédito, mas não só. Através desta plataforma online, pode iniciar-se e acompanhar a proposta de crédito por esta via, bem como obter uma pré-análise. Também o envio e receção de documentação são feitos “digitalmente”, bem como o agendamento da avaliação.

Através desta plataforma os portugueses podem ainda “transferir o seu Crédito Habitação” de um outro banco. A contratualização de seguros associados ao crédito da casa, à distância, é também possível, através deste Portal. O acesso a esta plataforma pode ser feito através do “computador, telemóvel ou tablet”, informa o Bankinter.

Novo Banco

Também o procedimento associado à contratualização do Crédito Habitação Novo Banco pode ser feito quase na totalidade através do digital. O “processo online” inicia-se, assim, com a realização de uma simulação, através da qual o cliente pode perceber qual a melhor opção de crédito para o seu caso em específico.

Com base nessa simulação, pode também “obter uma pré-análise imediata do seu crédito”, a qual é válida por um período de 30 dias, informa a instituição. Através do site do Novo Banco, pode ainda dar início ao pedido de crédito, bem como enviar todos os documentos necessários para que o mesmo vá em frente.

Banco CTT

Outra instituição que oferece a possibilidade de realizar um “pedido de crédito online, cómodo, rápido e sem necessidade de ir à loja” é o Banco CTT. No site da entidade, o cliente pode começar por realizar a simulação, de forma a testar as “diferentes soluções” de crédito à habitação disponibilizadas e a perceber qual a prestação que teria de ficar a pagar.

O pedido, também ele, pode ser inteiramente feito através do site. E caso já tenha iniciado o seu pedido de crédito online, o sistema dá sempre ao cliente a possibilidade de recuperar o mesmo. O posterior acompanhamento de todo o processo pode ser também feito por via remota, através da App Casa BCTT.

Através dela, o cliente pode ver “qual o estado do seu pedido” e que “atividades estão pendentes da sua intervenção”, pode ler-se no site do banco. Além disso, a aplicação informa ainda “sobre a documentação necessária” e sobre “como a obter”, possibilitando também o upload de documentos em falta” e a comunicação direta com o Banco CTT, de forma a obter informações mais detalhadas sobre o procedimento, caso necessário.

Santander

Se quer “tratar do processo sem sair de casa”, o Santander também dá essa opção para a sua oferta de Crédito Habitação. Como informa o banco no seu site, é preciso começar pela realização de uma simulação online, através dessa mesma página, “para ajustar as condições do empréstimo”.

Depois o cliente pode solicitar, “na hora, a aprovação do crédito”, que pode também ser pedido para financiar obras em casa ou a construção de novas habitações. A partir daí, poderá proceder ao envio de documentos, bem como “agendar a avaliação e acompanhar o estado do processo sem sair de casa“. De acordo com o Santander, todo o processo fica concluído “em menos de 30 dias”.

Neste momento, o Santander está também com uma campanha que dá a possibilidade de transferir o empréstimo da casa para este banco, ficando os clientes isentos de pagar os custos de transferência.

Caixa Geral de Depósitos

Algo semelhante é oferecido pela Caixa Geral de Depósitos (CGD). Se procura um empréstimo para aplicar em fins de habitação, deve começar por realizar a simulação online do mesmo, através do site da CGD, de forma a saber “quanto fica a pagar”. Depois, esta simulação deve ser submetida digitalmente, bem como toda a documentação necessária para a formalização da proposta.

Depois, “após entrega dos documentos necessários”, o banco irá contactar os clientes para “agendar” uma avaliação do imóvel. “Após receção do relatório de avaliação e confirmação dos pressupostos da simulação”, a decisão quanto ao pedido de empréstimo será, finalmente, “confirmada”.

Finalmente, havendo uma “validação” desta “documentação”, a CGD irá contactar o cliente, de forma a requerer alguma documentação adicional necessária para a conclusão do processo e, também, para “agendar a data e local da escritura”, a qual terá de ser presencial.

BCP

Disponível no site, na App Millennium e no Mobile Web“, como esclarece o banco na sua página na internet, a oferta de crédito à habitação através do online é também uma realidade no BCP. O processo começa com a simulação, onde o cliente deve definir o “montante e prazo” que deseja para o seu empréstimo. Depois, tem uma de duas possibilidades: “guardar os dados” da simulação ou, porventura, “proceder ao envio da mesma por e-mail”.

Desta forma, o pedido de crédito pode ser realizado logo de seguida (através da aplicação ou do site), o qual será analisado pelo banco. A decisão será tomada, de acordo com o BCP, num período de até 48 horas. Depois, é só aguardar pelo contacto do banco, para marcar a avaliação do imóvel. Entretanto, o cliente pode ir sempre acompanhando digitalmente o estado das suas propostas, bem como aceder a todas as simulações guardadas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Comprar casa? Banca aposta no crédito sem sair do sofá

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião