SPS reforça equipa da área de bancário e financeiro

Tatiana Lopes é o mais recente reforço da firma SPS. A advogada vai integrar a equipa de bancário e financeiro.

A sociedade de advogados SPS reforçou a seu equipa de bancário e financeiro com a integração de Tatiana Lopes. A advogada transita da empresa Recactiv, onde permaneceu quase dois anos.

“Esta contratação responde à necessidade de crescimento sentida nesta área da SPS, com vista a garantir, sempre, os níveis de qualidade do serviço prestado, bem como a rapidez de resposta”, refere a firma em comunicado.

Tatiana Lopes tem cerca de nove anos de experiência, grande parte adquirida como in-house em departamentos legal de várias empresas do setor bancário e de gestão e recuperação de ativos, como a Recactiv, Whitstar e Banco Popular, tendo ainda passado pela área das sociedades de advogados e do imobiliário.

Ao longo da sua carreira desenvolveu ainda vasta experiência em direito executivo, insolvência, processo especial de revitalização, non – performing loans, incluindo a gestão judicial de processos de portfólios, direito penal e contraordenacional.

“A SPS mantém, desde o início, o foco na tecnologia e na inovação caminhando para ser uma sociedade de advogados 100% digital num futuro muito próximo, onde os automatismos e a inteligência artificial permitirão uma prestação de serviços cada vez mais eficiente e transparente a cada um dos nossos clientes. Tal facto não suprime a aposta permanente no capital humano, cada vez mais necessário para acompanhar a rapidez dos automatismos na entrega do serviço ao cliente”, nota a SPS.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

SPS reforça equipa da área de bancário e financeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião