Bloco antecipa apreciação da TSU para 25 de janeiro

  • ECO e Lusa
  • 18 Janeiro 2017

Debate estava agendada para 3 de fevereiro, já depois da entrada em vigor do decreto-lei que reduz as contribuições das empresas com salário mínimo.

O Bloco de Esquerda vai antecipar, para 25 de janeiro, o debate da apreciação parlamentar em torno da redução da TSU.

A discussão das apreciações parlamentares do Bloco e do PCP estava inicialmente agendada para 3 de fevereiro, dois dias depois da entrada em vigor do decreto-lei que reduz as contribuições das empresas que pagam salário mínimo.

Entretanto, o Bloco anunciou que vai utilizar o seu agendamento potestativo do próximo dia 25 de janeiro, inicialmente reservado para discutir as Parcerias Público-Privadas na Saúde, para debater o tema, avança a Lusa.

Desta forma, a discussão ocorre ainda antes de o diploma chegar ao terreno, embora os efeitos de uma eventual revogação — como se espera — só ocorram depois da publicação da resolução da Assembleia da República.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Bloco antecipa apreciação da TSU para 25 de janeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião