Tráfego nas estradas da Brisa aumentou 4,2% nos primeiros nove meses do ano

O tráfego médio diário nas autoestradas exploradas pela Brisa atingiu as 25.596 viaturas, um valor superior ao apurado no período homólogo, altura em que foram registadas 24.518 viaturas.

Entre os meses de julho e setembro deste ano, o tráfego médio diário nas estradas exploradas pela Brisa Concessão Rodoviária atingiu as 25.596 viaturas, um valor superior ao do período homólogo, altura em que foram registadas 24.518 viaturas. Os números são da Brisa e acabam de ser publicados no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Durante os primeiros nove meses do ano, o tráfego nas infraestruturas da Brisa aumentou 4,2%. Um aumento que foi, sobretudo, “suportado por um forte crescimento orgânico”, pode ler-se na nota informativa da empresa.

Quanto à estrutura do tráfego, os ligeiros continuam a ser a grande fatia de veículos a circular (94,5%), enquanto os veículos pesados têm uma expressão muito menos significativa (5,5%). Contudo, são os veículos pesados que registam o maior crescimento do ano: aumentaram 7,2%, sendo que os ligeiros subiram apenas 4,1%.

“Todas as autoestradas registaram taxas de crescimento positivas de tráfego médio diário [TMD] nos primeiros nove meses do 2018, como se tem vindo a verificar nos últimos anos. A A9 mantém uma taxa de crescimento elevada do TMD, devido à saturação do IC17 / CRIL”, refere a Brisa.

A operadora de infraestruturas de transporte portuguesa salienta, perante os resultados, que o crescimento é “positivo em toda a rede”.

(Notícia atualizada com mais informação às 17h22)

Comentários ({{ total }})

Tráfego nas estradas da Brisa aumentou 4,2% nos primeiros nove meses do ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião