Uber já tem licença para operar em Portugal

Instituto da Mobilidade e dos Transportes concedeu à empresa a mesma licença que a Chauffeur Privée, Taxify e Cabify já tinham.

A Uber já tem licença para operar em Portugal. A empresa já recebeu o mesmo aval do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) que já tinha sido recebido pelas outras operadoras de plataformas eletrónicas Chauffeur Privée, Taxify e Cabify, revelou aquele instituto.

A ‘lei Uber‘ — que estabelece o regime jurídico aplicável à atividade de transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataforma eletrónica (TVDE) — entrou em vigor a 1 de novembro e deu às operadores até dia 1 de janeiro para pedirem o licenciamento no IMT.

As três restantes empresas já o tinham recebido e o processo ficou agora fechado para todas as operadoras em Portugal. Dados do IMT enviados ao ECO indicam que há 1.573 pedidos aceites de parceiros (empresas donas dos veículos em circulação) autorizados, tal como 327 motoristas.

A nova lei prevê também ainda que os motoristas sejam obrigados a formação específica em locais legalmente habilitadas para ministrar cursos de formação TVDE, incluindo entidades exploradoras de escolas de condução e outras entidades certificadas pelo IMT. Até agora foram comunicados ao instituto 211 cursos ou ações de formação rodoviária para emissão de certificado de motorista.

(Notícia atualizada às 20h)

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Uber já tem licença para operar em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião