FC Porto com prejuízos recorde de 116 milhões na época em que foi campeão

SAD liderada por Pinto da Costa atribui este resultado na época 2019/2020 aos efeitos provocados pela pandemia de coronavírus.

A SAD do FC Porto registou um prejuízo de 116 milhões de euros na época 2019/2020, exatamente na temporada em que foi campeão da I Liga. Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o clube de Pinto da Costa justifica este resultado com as “anómalas circunstâncias” provocadas pela pandemia.

“As anómalas circunstâncias em que se desenvolveu a temporada 2019/2020 vieram a provocar um resultado líquido fortemente negativo, mas que está de acordo com o orçamento aprovado em Assembleia Geral, ajustado dos impactos financeiros provocados pela pandemia”, lê-se no documento divulgado esta quarta-feira.

Assim, o clube registou um resultado líquido consolidado negativo de 116,16 milhões de euros, dos quais 115,94 milhões são “atribuíveis aos detentores de capital próprio da empresa mãe”.

Os proveitos operacionais excluindo proveitos com passes de jogadores caíram 50% para 87 milhões de euros, “consequência da descida generalizada de todas as rubricas que as constituem”.

Os custos operacionais, excluindo custos com passes, caíram para 11,7 milhões de euros, “principalmente devido à diminuição dos custos com o pessoal” e os resultados com transações de passes de jogadores foram de apenas 551 mil euros, um valor que se justifica pelo “adiamento do prazo de abertura do mercado de transferências” e pelo prolongamento das competições para além do encerramento do período em análise.

No mesmo documento, os dragões enumeram os inúmeros “aspetos adversos” que resultaram do impacto do coronavírus: provocou a “redução das receitas de transmissão televisiva” e a “redução das receitas de bilheteira e do negócio corporativo, pela suspensão das competições e o retomar sem público nos estádios” e uma diminuição das receitas de merchandising.

Por outro lado, a não participação na Champions provocou uma “inevitável redução das receitas obtidas com a participação nas competições europeias”, sublinha a SAD portista.

(Notícia atualizada às 18h28 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

FC Porto com prejuízos recorde de 116 milhões na época em que foi campeão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião