Eleições no Montepio

A Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) vai a votos a 7 de dezembro, com três candidatos na corrida e dias depois de o Governo ter colocado a instituição, por alguns acusada de apresentar contas artificialmente positivas, debaixo de supervisão financeira.

Listas tinham até esta sexta para submeter candidaturas, mas regulador não terminou processos de avaliação dos candidatos. Prazo para entrega de listas prolongado até final do mês.

Já arrancou o processo eleitoral na maior associação mutualista, mas de forma atribulada: além de anunciar prejuízos de 89 milhões em 2020, demitiu-se o secretário-geral da instituição, Pedro Sameiro.