Montepio tem nova cara. É esta a nova imagem do banco

Banco liderado por Dulce Mota prepara-se para apresentar a nova imagem da instituição. Além do nome, também há mudanças no logótipo para marcar distanciamento face à Associação Mutualista.

Será esta a nova imagem de marca do Banco Montepio.

Adeus, Caixa Económica. Olá, Banco Montepio. Há algum tempo que se sabia que a instituição ia mudar de designação comercial, mas ainda não se conhecia a nova imagem. Aqui está. O ECO revela em primeira mão a nova cara do banco liderado por Dulce Mota.

As mudanças na forma como o banco vai passar a apresentar-se ao público a partir das próximas semanas vem responder a uma exigência de longa data dos reguladores a propósito uma clara separação face ao seu acionista maioritário, a Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG).

A necessidade de distinção das duas marcas era um ponto vital para as autoridades para evitar confusões como aquelas que aconteceram no passado, como a venda de papel comercial do Grupo Espírito Santo pelo BES.

Neste caso, enquanto o Banco Montepio é supervisionado pelo Banco de Portugal, assim como o são os produtos financeiros como os depósitos bancários (e que gozam de proteção do fundo de garantia de depósitos), a AMMG e os produtos mutualistas vendidos nas agências do banco eram supervisionados apenas pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social até há pouco tempo — estão agora na alçada da Autoridade de Supervisão dos Seguros e Fundos de Pensões (ASF) — e apenas estão garantidos pelo capital da instituição liderado por Tomás Correia.

Foi perante este imperativo de “separar as águas” que Carlos Tavares mudou no verão passado o nome do produto mais popular da AMMG de Capital Certo para Poupança Mutualista. Isto para deixar claro junto dos clientes que, embora seja comercializado aos balcões do banco, se trata de uma aplicação mutualista e que não está abrangida pelo fundo de garantia de depósitos.

Além da marca, também o logótipo sofre uma remodelação evidente para se afastar ainda mais da mutualista: passa a apresentar apenas um pelicano, e não dois como era sua imagem de marca. Todo este trabalho de rebranding foi realizado pela agência Label.

Neste momento, o banco de Dulce Mota está a proceder à substituição dos elementos de identificação nos balcões e outros canais, devendo apresentar publicamente a nova imagem nas próximas semanas. De resto, parte das mudanças já foi concretizada, nomeadamente no próprio site da instituição.

Também para as próximas semanas as contas anuais do Banco Montepio deverão ser apresentadas. O banco registou lucros de 22 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano passado.

Comentários ({{ total }})

Montepio tem nova cara. É esta a nova imagem do banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião